Captura de Tela 2020-06-29 às 18.38.10Escolher um general que apoia a ditadura para presidir a Fundação Nacional do Índio é uma afronta a toda a população indígena brasileira. O regime militar, que o general Roberto Sebastião Peternelli apoiou em publicação no seu facebook, foi responsável por perseguição, criminalização, prisão e tortura de lideranças indígenas que lutavam por seus territórios ou que tivessem comportamento considerado inadequado. Na ditadura, a construção de estradas e hidrelétricas e o desmatamento para a pecuária resultaram na expulsão de comunidades indígenas de suas terras e em milhares de mortes.

O general Peternelli foi candidato a deputado pelo PSC e foi indicado por Romero Jucá e pelo Pastor Everaldo para ocupar o cargo.

Notícias:

PSC indica general do Exército para comando da Funai