alexandre frotaNão bastasse cortar recursos de programas essenciais e reduzir a importância da educação, o governo interino ainda ri da cara do povo brasileiro. O ministro da Educação, Mendonça Filho, recebeu no ministério o ator Alexandre Frota.

Mas o documento que Frota levou a Mendonça Filho e que pautou o encontro dos dois não estavam endereçadas ao ministro da Educação nem versavam sobre ensino, ao contrário do que foi divulgado pela imprensa naquela tarde.

Com duas páginas e a assinatura de seis pessoas, o documento é dirigido ao “Senhor Presidente da República em exercício”, Michel Temer, e elenca doze pontos que, segundo Frota, permitiriam que o Brasil retornasse “à normalidade política, econômica, social etc”.

Entre eles, estão a reforma da Previdência, a reforma tributária, mas também “um amplo programa de privatização” e a “simplificação da legislação trabalhista”.

Veja aqui na íntegra.

Notícias:

Afinal, que propostas Alexandre Frota levou ao ministro da Educação?

Propostas de Alexandre Frota em encontro com Ministro não tratavam sobre educação

Veja também