O ministro do Planejamento, Romero Jucá, pediu licença do cargo após a publicação da gravação de uma conversa entre Jucá e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado em que falam sobre a formação de um “pacto” para deter o avanço da Operação Lava Jato contra nomes importantes do PMDB.

Em seu lugar, assume o atual secretário executivo da Pasta, Dyogo Oliveira.

http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2016/05/apos-gravacoes-juca-pede-licenca-do-ministerio-do-planejamento.html