paaO governo ilegítimo tirou R$ 160 milhões dos recursos do PAA que eram repassados para a Conab fazer a compra de produtos da agricultura familiar. Os alimentos geravam renda para as famílias e abasteciam restaurantes comunitários, bancos de alimentos, escolas, creches, equipamentos da assistência social e pessoas em situação de insegurança alimentar. Com o corte, mais de 40 mil agricultoras e agricultores e duas mil cooperativas vão ser excluídas do programa.

Notícias:

Ministro manda Conab devolver à pasta R$ 170 milhões